INSPIRAÇÃO FUNDACIONAL DO CARISMA CAMPUS FIDEI

A Rede de Missão Campus Fidei foi iniciada em 20 de outubro de 2014 por dois jovens leigos, Jerônimo Lauricio e Danilo Luiz, provocados a concretizar o apelo do Papa Francisco no discurso da Vigília da JMJ-2013:

“(…) Não quererá porventura o Senhor dizer-nos que o verdadeiro Campus Fidei, o verdadeiro Campo da Fé não é um lugar geográfico, mas somos nós mesmos? Sim, é verdade! Cada um de nós, cada um de vocês, eu, todos. E ser discípulo missionário significa saber que somos o Campo da Fé de Deus. Ora, partindo da denominação – CAMPUS FIDEI – Campo da Fé, pensei em três imagens que podem nos ajudar a entender melhor o que significa ser um discípulo missionário: a primeira imagem, o campo como um lugar onde se semeia; a segunda, o campo como um lugar de treinamento; e a terceira, o campo como um lugar de construção.

(Papa Francisco, vigília da JMJ 2013).

“O Reino dos Céus é como um tesouro escondido NUM CAMPO. Alguém o encontra, deixa-o lá bem escondido e, cheio de alegria, vai vender todos os seus bens e compra aquele campo (…) O Reino dos Céus é ainda como UMA REDE lançada ao mar e que pegou peixes de todo tipo. Quando ficou cheia, os pescadores puxaram a rede para a praia, sentaram-se, recolheram os peixes bons em cestos e jogaram fora os que não prestavam” (Mt 13,44.47-48).

nossos PRINCÍPIOS DE VIDA

A Associação Privada de Fiéis – Rede de Missão Campus Fidei, doravante denominada, por simplesmente Campus Fidei, é um corpo associativo de fiéis leigos católicos, formado por homens e mulheres; jovens e adultos; solteiros, casados e celibatários (também com a possibilidade de clérigos seculares), que sob a intercessão de seus patronos São João Paulo II e Santa Teresa de Calcutá, buscam responder juntos ao carisma de “ser e formar uma geração mais enraizada na fé e fecunda em boas obras”.

A missão do Campus Fidei tem por finalidade, nos caminhos da nova evangelização, semear, treinar e construir o Campo da Fé de uma geração de jovens e famílias: o campo da fé de novos discípulos missionários.

Um campo da fé que se assemelhe a um lugar de semeadura do Evangelho, a partir das experiências concretas da vida das pessoas e da Doutrina da Igreja; a um lugar de treinamento e aprofundamento da Vida Intelectual, da Vida Interior, da Vida Fraterna e da Vida Missionária; e a um lugar de construção da fé dos jovens e das famílias, perpassando três dimensões: bíblico-catequética, humano-afetiva e sócio eclesial.

A partir do “múnus docendi” de Cristo e iluminados pelo carisma da formação, tanto da educação da fé, quanto da educação para o amor, a Rede de Missão Campus Fidei, se propõe a atender os jovens, os casais de namorados, os noivos e os casais de esposos nos seus primeiros anos de vida conjugal que, majoritariamente, já tiveram uma experiência de fé, mas buscam aprofundá-la e enraizá-la, tanto em sua vivência individual como comunitária. Tudo isso de forma presencial, por meio dos encontros, grupos de estudo, formações, cursos, retiros, aprofundamentos, congressos, simpósios, etc; ou de forma virtual, através dos grupos de estudo online, ferramentas e recursos audiovisuais, tradução e publicação de textos e livros inéditos.

O caminho espiritual da Rede de Missão Campus Fidei se caracteriza pelo que a Evangelii Gaudium define como “espiritualidade missionária” (EG, n. 78): jovens solteiros, celibatários, clérigos, casais de namorados, noivos e jovens esposos vivendo com alegria a vocação de discípulos missionários.

A missão no coração do povo não é uma parte da minha vida, ou um ornamento que posso pôr de lado; não é um apêndice ou um momento entre tantos outros da minha vida. É algo que não posso arrancar do meu ser, se não me quero destruir. Eu sou uma missão nesta terra, e para isso estou neste mundo. É preciso considerarmo-nos como que marcados a fogo por esta missão de iluminar, abençoar, vivificar, levantar, curar, libertar. (…) Ou seja, pessoas que decidiram, no mais íntimo de si mesmas, estar com os outros e ser para os outros” (EG, n. 273).

 

São João Paulo II
Patrono

“(…) «Senhor, por causa da tua palavra, LANÇAREI AS REDES» (Lc 5,5). Queridos amigos, a imagem da pesca corresponde à missão da Igreja. Conduzir as almas humanas à luz da Fé, à fonte do Amor e à Esperança no Reino de Deus: eis a missão contínua da Igreja. Sem olhar as dificuldades, somos chamados a esta sublime tarefa de lançar as redes com fé, confiante de que o Senhor faz o resto”.

Santa Teresa de Calcutá
Patrona

“Salvar o maior número possível de almas da escuridão da falta de fé, eis a nossa missão… Levar almas a Deus, e Deus às almas. (…) Por causa disso, confio no seu amor e espero tudo d’Ele. Isto é o que me fez chegar até aqui. Nele e com Ele posso fazer tudo quanto Ele quer que eu faça. (…) Que, portanto, Ele faça comigo o que quiser, pois sou muito feliz em ser a flor do CAMPO DE DEUS”.

Jerônimo Lauricio
Iniciador

Doutorando e Mestre em Teologia, professor e Missionário.

Danilo Oliveira
Iniciador

Bacharel em Teologia, estudante de Direito, Literatura e Missionário.

Os membros da Rede de Missão Campus Fidei, admitidos pelo Conselho Geral, se identificam através de três modos de compromissos. (…) Sob uma mesma espiritualidade e uma idêntica missão todos e cada um dos Missionários Campus Fidei, realizam o chamado de difundir o carisma de “ser e formar uma geração mais enraizada na Fé e fecunda em Boas Obras”. Estes três modos de compromissos são, portanto, enquanto:

1. Membros Dedicados: são aqueles celibatários que, vivendo em comunidade (masculinas ou femininas), se dedicam ao apostolado como atividade principal, empenhados na vida missionária e nas atividades da Rede Missão Campus Fidei, constituindo-se na garantia da manutenção do carisma;

2. Membros Enredados: como o nome já diz, são aqueles que, “dispostos como uma rede”, se comprometem em atuar de modo regular e continuado nas atividades da Rede de Missão Campus Fidei. São fiéis leigos, casados ou solteiros, chamados a viver a identidade e missão do carisma Campus Fidei, residindo em suas próprias casas, nas condições ordinárias da sua família, seu estado de vida, sua profissão e sua vida social.

3. Membros Clérigos: são os membros ordenados que se associam à Rede de Missão a partir de suas realidades próprias ou na vivência comunitária e possuem características próprias na admissão, nos direitos e nas responsabilidades.

Parágrafo Único: Nos 3 modos de compromisso a que se refere este artigo não se incluem os membros iniciadores em razão do próprio carisma fundacional.   

Taysa Brasil

Missionária – DF

Desde o momento em que escutei a voz de Deus me chamando a dar passos em direção à Ele, tenho buscado seguir a vontade Dele para minha vida e a Rede de Missão Campus Fidei é o caminho pelo qual Deus tem me permitido entender o significado de ser santa e almejar o céu todos os dias. Não há alegria maior do que saber que há um Deus que nos ama e que tudo o que Ele deseja é nossa felicidade e foi através desse carisma que tenho aprendido a reconhecer quem eu sou, para onde vou e qual é a minha missão nessa Terra.

Tiago Giacone

Missionário – DF

Servir ao Senhor através da Rede de Missão Campus Fidei é uma alegria. Somos como aqueles que encontraram uma pérola preciosa em um campo, pela qual vale a pena tudo vender e deixar a fim de conquistá-lo (Mt 13, 44). No carisma de “Ser e Formar”, o Senhor das Surpresas caminha à nossa frente e nos enraíza em Si.

Ludmila Giacone

Missionária – DF

A rede de missão Campus Fidei é uma grande surpresa de Deus na minha vida. Lembro-me com gratidão do primeiro dia de DATING meu e do Tiago… ficamos tão encantados com tudo e gratos a Deus por aquele presente que sabíamos que essa história não duraria só os dois anos de grupo de estudo. Hoje, tendo a graça de viver esse chamado de fazer da nossa vida uma missão, de não olhá-la como uma parte ou um mero apostolado (cf. EG 273), mas de verdadeiramente SER alguém para FORMAR uma nova geração verdadeiramente ENRAIZADA na fé, posso dizer que encontrei meu lugar de encontro com Cristo, meu caminho de santificação.

Mário Saturnino

Missionário – PA

Sou muito realizado como missionário Campus Fidei no Pará, pois vejo Amor de Deus em minha vida, me ofertando diariamente para a maior e principal missão: evangelizar! No Campus Fidei eu aprendi a ofertar os meus dons, sem reservas, esse ato me gerou ainda mais alegria. Na Rede de Missão, eu encontrei o meu lugar. Nela e com ela eu busco a santidade e santificar os demais no meu Estado, sendo fecundo nas obras do Carisma do Ser e Formar.

Reno Lopes

Missionário – DF

Lembro bem daquele dia em que Deus me encontrou e convocou a assumir a minha fé! Prometi dedicar minha vida ao anúncio alegre do Amor. Era o chamado a ser “discípulo missionário” e viver a vida como uma missão, totalmente. Mas só compreenderia isso anos adiante, quando então notei em mim o carisma Campus Fidei. Grande bem que dá sentido e faz feliz! “Ser e formar uma geração mais enraizada na fé e fecunda em boas obras”, eis o rebento em meu coração daquela semente lançada anos antes. Convém que cresça até que se torne bela árvore, farta em frutos! Ele mesmo a cultiva, dando-me a alegria diária de fazer Sua vontade enredado nesta. “Vale a vida”!

Fabiane Cavalcante

Missionária – PA

Ser missionária da Rede de Missão, nunca fez tanto sentindo na minha vida com tem feito nesse último ano, meu primeiro ano como missionária, e quantas alegrias, poder reconhecer a voz de Deus que me chamou a quase 10 anos na JMJ Rio (lugar de inspiração do carisma), com voz firme e amorosa me convidava a Ser uma missão nesta terra. E servir a Deus através desse carisma, aqui no Pará, tem sido viver com muita alegria as surpresas de Deus, a todo instante, principalmente nos momentos de dificuldades e incertezas o Ir, sem medo, servir, nunca fez tanto sentido!

Giovanna Duarte

Missionária – AM

Bendito seja Deus por tamanha alegria! Como aquele alguém na passagem do Evangelho de Mateus (Mt 13, 44) me sinto ao ser enredada e abraçada por essa Missão na terra que é o Campus Fidei. O processo de iniciação para mim perpassou os princípios que constituem esse carisma, num processo de discernimento que envolve o conhecer, encontrar, partilhar e expressar com a vida, e experimentar em cada etapa o carinho do Senhor comigo e com essa Missão. Que São João Paulo II e Santa Teresa de Calcutá intercedam sempre por nós! Muito feliz e grata por fazer parte dessa Missão.💛

Isabela Lopes

Missionária – DF

Portadora da Boa Nova de Deus; estaca que me endireita (santifica) e me ensina dia a dia a amar e ser amada; elevador que me encaminha para o céu; dom imerecido de Deus: essa é a Rede de Missão Campus Fidei em minha vida! Enredada nesse carisma, eu e minha casa serviremos o Senhor (Js 24,15).

São irmãos (as) espalhados (as) por todo Brasil que, através de sua oferta material, favorecem e promovem de forma contínua a manutenção e expansão dos objetivos da Associação de Fiéis Campus Fidei.

Não alcançaríamos você, por meio de nossos apostolados, se não tivéssemos contado com a ajuda de tantas pessoas, rostos generosos, que ofertaram seus 5 pães e 2 peixes e ajudam a sustentar financeira e espiritualmente esta obra.

Considere também se tornar um Colaborador Campus Fidei, nos ajudando mensalmente para que mais e mais pessoas possam ser alcançadas e reconhecerem-se ser uma missão nessa terra. A Rede de Missão precisa de vocês!

Ajudar é muito simples!

O trabalho voluntário no Campus Fidei, não é apenas uma prestação de serviços por pessoa física à Associação de Fiéis Campus Fidei, conforme o Termo de Voluntariado na forma da lei.

Parafraseando o discurso do Papa Francisco aos voluntários da JMJ-2013, “(…) com os sorrisos de cada um, com a gentileza e com a disponibilidade ao serviço, cada voluntário (a) prova que “há maior alegria em dar do que em receber” (At 20,35).

O serviço generoso realizado por cada voluntário (a) nos lembra a missão de São João Batista, que preparou o caminho para Jesus. Cada um, a seu modo, é um instrumento para que muitos rostos e nomes tenham o “caminho preparado” para encontrar Jesus. “E esse é o serviço mais bonito que podemos realizar como discípulos missionários: preparar o caminho para que todos possam CONHECER, ENCONTRAR E AMAR o Senhor.”

A vocês que, neste tempo, desejam responder com tanta prontidão e generosidade ao chamado para ser Voluntários Campus Fidei, queremos ainda dizer com o Papa Francisco: “Não se perde nada; ao contrário, é grande a riqueza da vida que se recebe! Não tenham medo daquilo que Deus lhes pede! Vale a pena dizer “sim” a Deus. N’Ele está a alegria!”